Follow by Email

segunda-feira, 7 de março de 2016

Nêmesis (resenha)


NÊMESIS
AGATHA CHRISTIE
Série: Miss Marple
Editora: L&PM              
Ano: 2015
Nº págs: 304
Gênero: Policial

SINOPSE: Após receber uma estranha carta dos advogados de seu falecido amigo Jason Rafiel, Miss Jane Marple acaba sendo convocada para uma enigmática missão, sobre a qual aparentemente não tem qualquer informação. Poderia um morto conduzir uma investigação? Jane Marple terá de seguir as pistas mais obscuras para desvendar este intrigante mistério. Último livro de Agatha Christie protagonizado por Miss Marple, Nêmesis, publicado em 1971, traz de volta a figura do sr. Rafiel, um excêntrico homem de negócios que se aliara à simpática velhinha para resolver um crime em Mistério no Caribe. Surpreendente e perspicaz, Nêmesis fecha com chave de ouro o conjunto dos romances protagonizados pela astuta senhora.

Minha relação com NÊMESIS vem de longe, e esse é mais um livro da AGATHAque foi inesquecível em minha vida de leitora. Não, não o foi por seu enredo incrível, nem pelo crime, nem pelas descobertas. Esse livro me marcou porque foi o primeiro e único livro da autora que pensei em abandonar.

É, eu já senti vontade de deixar AGATHA de lado! Mas explico: a imensa maioria dos livros dela começa com algum tipo de crime: assassinato, roubo, que seja, sempre somos colocados frente ao crime e passamos as demais páginas tentando desvendá-lo. NÊMESIS foge por completo a essa regra, e só vai acontecer alguma coisa após a metade do livro. Então, no auge da minha adolescência, em que tinha verdadeira idolatria por essa mulher (continuo tendo), fiquei decepcionada por ver que lia, lia, lia e NUNCA chegava ao crime! Lembro até hoje que quando cheguei a um determinado ponto do livro pensei “vou ler só mais esse capítulo, se não acontecer nada, vou abandonar.” E parece que minhas palavras surtiram efeito, pois justo nesse capítulo aconteceu algo que me assombrou e me fez passar a ler o livro de forma ávida. Ao final, elegi NÊMESIS como um de meus favoritos da vida.

Lembrando dessa história, ao pegar NÊMESIS pra reler tantos anos depois, queria ver se minha reação seria a mesma, a de achar o começo enfadonho porque não acontecia uma morte logo. Eis que dessa vez minha visão foi completamente diferente e compreendi as razões de tê-lo achado um tanto quanto maçante da outra vez que o li. É que NÊMESIS traz de volta alguns personagens do livro MISTÉRIO NO CARIBE, e muito do que acontece no enredo relembra passagens da viagem da Marple, dos conhecidos do navio, do crime que foi cometido, etc. Então foi por isso que da primeira vez achei NÊMESIS tão monótono no início, pois ainda não havia lido MISTÉRIO NO CARIBE e não compreendia as referências. Por sorte, dessa vez foi completamente diferente, pois faz pouco tempo que li MISTÉRIO NO CARIBE e postei a resenha para vocês, portanto, tudo estava bem fresquinho na minha memória, e isso fez com que essa releitura tivesse um sabor bastante diferente e especial <3.

Aqui temos Jane Marple mais uma vez em ação. Sua missão é desvendar os mistérios deixados a ela por Rafiel, personagem de MISTÉRIO NO CARIBE, que é um homem riquíssimo e de inteligência ímpar. Sem pistas, Marple mergulha no que ela acredita que Rafiel queria que ela desvendasse e nos leva a uma incrível jornada em busca de descobrir mais um assassino.


O final de NÊMESIS é brilhante e surpreendente. Como todo o livro é. Não nego, é preciso um pouquinho mais de paciência com ele, afinal, não tem o ritmo acelerado de muitas das obras da AGATHA e a sensação de que algumas passagens são dispensáveis pairam em vários momentos, porém, garanto que com o final isso tudo será esquecido e que a satisfação será garantida! Leiam MISTÉRIO NO CARIBE e logo após NÊMESIS. Diversão pura! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário