Follow by Email

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Inverno

O inverno açoita lá fora. 
É hora de acender o lume 
e te dar meu colo, como de costume. 
Deita teu sonho e enche tua taça 
porque a noite cansa, a estrela passa 
e a lua se apaga, morta de ciúme. 

           Flora Figueredo

Nenhum comentário:

Postar um comentário