Follow by Email

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

O PÃO

O pão que mastigas 
Com lascas de lua, 
Penetra tua noite 
E leva pelos caminhos da fome 
Trigais ao vento. 
Em tua memória 
Marcaste com grãos 
O atalho dos dias na floresta. 
Retorna sobre ti mesmo 
E terás descoberto o poema, 
Colhe as espigas floridas de teu passo, 
E terás descoberto a vida. 

           Paulo Bonfim

Nenhum comentário:

Postar um comentário