Follow by Email

sábado, 31 de outubro de 2015

Música quebrado

Sempre que vai cantar 
algo estava 
e eu não me importava, 
ele tinha tanto tempo! Minha canção foi no goteira, confiante, balançando nos espera horizontes coalhada. Se alguma vez com gesto silencioso velho acariciou as cordas, o ar é removida eo coração bate-me de volta a essas batidas turbulentos, arautos da minha música. Oh, minha canção truncado! Eu nunca estava com pressa e sempre à esquerda, amor, então.
                     Carmen Martin Gaite

Nenhum comentário:

Postar um comentário